segunda-feira, 2 de abril de 2018

Vida dentro de ti




“Aproveita a vida enquanto ela é vida dentro de ti. Aproveita o teu corpo enquanto és tu que lá moras. Aproveita. Primeiro tens mais espírito do corpo e há dentro de ti uma convulsão de ideias, uma agitação insofrida de projectos, resoluções, descobertas. Depois pouco a pouco, vais perdendo essas ideias ou vai-las esquecendo no sótão de ti. Depois resta só uma ou duas com que te vais governando. E por fim ficarás só com a carcaça do teu corpo, sem interior nenhum, e que as leis municipais estão à espera que se despache para atirarem à fossa. Aproveita o teu corpo enquanto estás dentro dele. Aproveita enquanto estás.” Vergílio Ferreira, Pensar
Resultado de imagem para gifs de ampulheta
Descobri…que o segredo para viver e aproveitar todos os dias é aceitar as perdas. Pelo menos é um dos segredos. Pois quem vive só de vitórias não aguenta um dia de derrota e já quer morrer.
O relógio pode parar um dia, o tempo não! Administrar o próprio tempo é valorizar e aproveitar mais a vida que se vive. Porque a vida é feita de resultados que fazemos acontecer.
A vida é muito curta para não ser aproveitada e, longa demais para passar despercebida.

sexta-feira, 2 de março de 2018

Inferno

Resultado de imagem para gifs de inferno



“O Inferno são os outros” dizia Sartre.

O Inferno são os outros, tanto quanto nós próprios, e em nós habitam tanto o Inferno como o Paraíso.
Na verdade, aqueles suplícios que dizem existir no profundo Inferno, estão todos aqui, nas nossas vidas.

segunda-feira, 5 de fevereiro de 2018

Ser

Imagem relacionada
Põe quanto és no mínimo que fazes


Para ser grande, sê inteiro: nada Teu exagera ou exclui
          Sê todo em cada coisa. Põe quanto és 
          No mínimo que fazes. 
Assim em cada lago a lua toda 
          Brilha, porque alta vive 

Ricardo Reis, in "Odes" 
 Heterónimo de Fernando Pessoa 

A verdade mais dura é que o comodismo assumido se transforma em conformismo. E o conformismo é o mesmo que a morte em vida.

quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

Novelos

Dou por mim a suspirar por teus olhos verde-mar
Agarrado ao televisor como um velho caçador
Só à espera de te ver em desfrutes de lazer
Nesse anúncio ao shampô inspirador por Bashô

É mais perceber como voa um avião
É mais fácil antever a chegada de um tufão
Do que achar num manual instruções para deslindar
Os novelos da paixão

Quando surges no ecrã pelo meio da manhã
Com o teu jeito de sorrir, tua pele a reluzir
Numa imagem estival que te deixa sem igual
Amortalha-me a mudez de um amor sem arnês

É mais perceber como voa um avião
É mais fácil antever a chegada de um tufão
Do que achar num manual instruções para deslindar
Os novelos da paixão

E se afago a tua pele sinto o frio pixel
Numa vaga de prazer que me põe todo a tremer

É mais perceber como voa um avião
É mais fácil antever a chegada de um tufão
Do que achar num manual instruções para deslindar
Os novelos da paixão
      
Mão Morta - "Novelos da Paixão"
Resultado de imagem para gifs góticos  de paixão
A linha que tece a vida é também a que manobra com precisão o tear do caminho. Somos tecelões de nós mesmos. O estranho é não termos o controle da agulha. 
Emenda daqui, costura ali, e assim o destino vai criando traços e formas, contudo, não termina ao final. 
Deixemos o fiar dos fios nos surpreender, até alcançar o colorir da alma, fio a fio.

segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

Merry Christmas

Resultado de imagem para imagens gifs cómicas de natalQuando nos recordamos dos Natais passados, na maioria das vezes descobrimos que são as coisas mais simples - não as grandes ocasiões - que nos oferecem os maiores momentos de felicidade.
Feliz Natal, para todos:))

sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

Zé Pedro - R.I.P.




NÃO SOU O ÚNICO
Pensas que eu sou um caso isolado
Não sou o único a olhar o céu
A ver os sonhos partirem
À espera que algo aconteça
A despejar a minha raiva
A viver as emoções
A desejar o que não tive
Agarrado ás tentações
E quando as nuvens partirem
O céu azul ficará
E quando as trevas abrirem
Vais ver, o sol brilhará
Vais ver, o sol brilhará
Não, não sou o único
Não, sou o único a olhar o céu
Não, não sou o único
Não, sou o único a olhar o céu 
Pensas que eu sou um caso isolado
Não sou o único a olhar o céu
A ouvir os conselhos dos outros
E sempre a cair nos buracos
A desejar o que não tive
Agarrado ao que não tenho
Não, não sou o único
Não sou o único a olhar o céu 
E quando as nuvens partirem
O céu azul ficará
E quando as trevas abrirem
Vais ver, o sol brilhará
Vais ver, o sol brilhará

Letra: Zé Pedro - Xutos & Pontapés

sábado, 11 de novembro de 2017

Vontade

Imagem relacionada
Entre a escolha bruta da vontade, deixa entrar os dedos, pedacinhos silenciosos de incerta intenção, dentro de mim a suspeita de querer, dentro de ti a língua ninfa deslizante quente, ruidosa da palavra desejo, penetra na alma deste profundo ensejo.